O deputado Aécio Neves (PSDB-MG), que liderou o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff, deve ser expulso do PSDB, assim que o atual governador de São Paulo, João Doria, assumir as rédeas do partido e indicar o tucano Bruno Araújo, de Pernambuco, para a presidência do partido, que deve também mudar de nome. As informações foram antecipadas pelo colunista Lauro Jardim

Fonte: Brasil 247