“O presidente Jair Bolsonaro já assinou a demissão do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. A dispensa do auxiliar deverá ser publicada no ‘Diário Oficial da União’ na próxima segunda-feira (18). A informação foi confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo com dois interlocutores de Bolsonaro”, informa a jornalista Vera Rosa. Bebianno havia dito que, se a demissão se confirmar, Brasília irá tremer na segunda-feira.

Abaixo, um trecho da reportagem em que ele faz esta ameaça:

À noite, no hotel, Bebianno soube pela TV que Bolsonaro resolveu demiti-lo usando como argumento o vazamento de um áudio em que o presidente censura a audiência em que ministro receberia um emissário da Rede Globo e não pela situação ocorrida com Carlos Bolsonaro.

Por telefone, a um interlocutor, Bebianno afirmou que vai passar o fim de semana pensando e ameaçou: “Se isso acontecer na segunda, o Brasil vai tremer”. A essa mesma fonte, disse que falou a Bolsonaro que o presidente é um ingrato e que o país inteiro vai ver isso. Ainda de acordo com Bebianno, o líder do Planalto está “alienado, perturbado da cabeça”. Ele resumiu sua situação com uma frase: “Só sei oficialmente do que eu sei oficialmente”.

Fonte: Brasil 247

Anúncios