Poucas horas antes de embarcar para a Bahia, às 9h30, Jair Bolsonaro lançou novo ataque contra o governador Rui Costa em um tweet no qual acusou-o de não liberar a PM baiana “para a nossa segurança”; o novo ataque soma-se a uma série de agressões cometidas contra o povo nordestino e dos governadores da região nos últimos dias.

Na inauguração do novo aeroporto de Vitória da Conquista, uma barreira de tapumes irá impedir a aproximação do povo; clima é de intervenção federal em Vitória da Conquista.

Forte esquema de segurança foi montado para a solenidade, numa ação de quase intervenção federal em Vitória da Conquista.
Veja o tweet:
Na tarde desta segunda-feira (22), o governador Rui Costa anunciou oficialmente que não mais iria à inauguração do aeroporto. Veja a explicação de Costa:
A crise entre Bolsonaro e o Nordeste está em uma escalada vertiginosa, desde que ele,  num café da manhã com correspondentes estrangeiros, no dia , ofendeu os nordetinos chamandos de “paraíbas” e atacou diretamente o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B) – as agressões foram feitas numa conversa com o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na abertura do encontro, quando ambos não se deram conta que os microfones estavam ligados.
Assista:
 Em outro momento, Bolsonaro ofendeu os nordestinos chamando-se de “pau-de-arara” e “cabeça chata” e rindo de maneira escandalosa, comprazendo-se de seu preconceito. Assista:
Além de Rui Costa, os vereadores de Vitória da Conquista decidiram. Em nota oficial, a Câmara Municipal da cidade anunciou que não participaria do ato de inauguração, esclarecendo que defendia que o ato de inauguração deveria ser “público, aberto a toda a população” (leia aqui).
Governador da Bahia Rui Costa e Presidente Jair Bolsonaro
Governador da Bahia Rui Costa e Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Mateus Pereira/GOVBA | PR)

Conheça a TV 247

Anúncios