Por que as agressões são sempre contra os terreiros?

Todo esse passado colonial e escravocrata não pode ser desconsiderado quando analisados os casos de intolerância e o preconceito as religiões de matriz africana. Não se trata apenas do preconceito contra uma religião, mas também contra todo um segmento da sociedade brasileira, marcado por um processo histórico de exclusão social profunda.

Estudantes e trabalhadores pelo Brasil

O nacionalismo é bandeira que pode somar as forças dos estudantes com a dos trabalhadores, no dia 14 de junho. O período da história brasileira em que mais o pobre teve acesso aos bancos escolares, foi durante os governos do Partido dos Trabalhadores, por meio de ferramentas, como a CEF, que financiou vários programas.

TchuTchuca, vai para casa. O neoliberalismo é anacrônico.

Não é preciso destruir a previdência, porque não há necessidade e, mais ainda, porque não é funcional. A destruição da seguridade social criará uma população de idosos miseráveis, seria a vergonha da nação brasileira.

Bolsonaro segue seu projeto totalizante de poder

O comportamento do presidente Jair Bolsonaro em relação ao Congresso, além do desprezo, escancara sua estratégia de sinalizar com ações em uma direção e fazer declarações públicas em outra. Enquanto evita conversar com parlamentares e articular a política, prefere espalhar mensagens que inflamam parte da opinião pública contra os outros poderes.

A “Szlachta” brasileira

Essa clientela fundamentalista que apoia o miliciano Jair Bolsonaro e seu governo de lacaios, jamais poderá construir uma alternativa adequada na atual “era da miséria” pelo qual estamos passando.

Vídeo do ministro da Educação ampliou atos de ontem contra o governo.

Havia (no singular, ministro) muitas dúvidas sobre se o dia 30 seria maior do que o 26. Mas o vídeo era escroto demais para as pessoas ficarem em casa.
Anúncios