Petição repudia título de Cidadã de Fortaleza à primeira-dama Michelle Bolsonaro

Em vista da quebra do sigilo bancário do senador Flávio Bolsonaro (PSL/RJ) e de mais 95 pessoas ou empresas ligadas à família e seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, o tema em torno dos cheques depositados na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro, pelo ex-assessor Fabrício Queiroz, voltou à tona.

Bolsonaro sonha ser Luís XIV, mas pode acordar na guilhotina:

A essa altura dos acontecimentos, resta evidente que o governo Bolsonaro caminha decidido para um fracasso precoce. Não se trata aqui de exercício de futurologia sobre impedimento, renúncia ou golpe, mas de uma inferência a partir das demonstrações dadas e reiteradas.

O corte e os desmontes atingem o presente e o futuro de milhões de brasileiros:

O bloqueio de verbas, ou contingenciamento orçamentário, imposto pelo governo Bolsonaro, vai muito além da educação e atinge amplas parcelas do povo brasileiro afetando o presente de milhares de estudantes e milhões de trabalhadores e o futuro de milhões de brasileiros que estão se preparando para entrar no mercado de trabalho.

Ninguém tira o trono de estudar!

A inclusão social e educacional que passaram a ter pela primeira vez em nossa história se deu nos governos de Lula e Dilma, com o investimento maciço em educação e na aprovação da política de cotas. É isso que Bolsonaro quer acabar e é em defesa do direito sagrado à educação que se luta nas ruas.

“A Palestina é uma prisão a céu aberto”

As parcas e enviesadas informações que nos chegam sobre o conflito na Palestina, e mesmo nas regiões árabes como um todo, não permitem montarmos um quadro mais geral dos interesses em disputa. Daí a relevância das contribuições de especialistas no tema.


O que é que a Bahia tem: braços cruzados contra a crise:

A moda dos estudantes, de dar um breque geral nas atividades, para protestar contra cortes nos orçamentos das universidades, está pegando; olhaí a Bahia!; os motoristas terceirizados baianos arretados estão também cruzando os braços; mostram que vão à luta.

Favelagem ou toma que o Bolsonaro é seu:

Como se não tivessem cooperado para a perda dos direitos do trabalhador, a covardia no que tange à previdência pública e aos aposentados, a entrega vergonhosa das estatais e do mercado interno, além da quebradeira da economia, e, por fim, a desmoralização do Brasil como Nação altiva, independente, soberana e atuante em todos os fóruns e blocos internacionais. General, a favelagem está no poder e toma que o Bolsonaro é seu.

A fórmula Alberto Fernández e Cristina Kirchner abre um novo horizonte para o povo argentino:

O povo argentino e o mundo foram surpreendidos na manhã deste último sábado, 18 de maio, com o video da ex-presidenta Cristina Fernández de Kirchner anunciando a sua candidatura como vice-presidenta de Alberto Fernández, a quem propõe como presidente da Argentina, numa ampla Frente Patriótica para as PASO, eleições primárias em junho.

Agente revela como será a marcha bolsonarista:

Bolsonaro disse que nem ele nem seus ministros irão à manifestação do dia 26. Foi a primeira postura nitidamente marxista do presidente. Marxista da linha Grouxo, é verdade. Se Grouxo Marx não frequentava clubes que o aceitassem como sócio, Bolsonaro não frequenta manifestações que convoca.

Lobo:

Estava decidido. Comprou uma pistola e um fuzil com mira telescópica e visão noturna. Escolheu na internet e encomendou. O Mito não decepcionou. Cumpre o que promete. A munição comprará de um caminhoneiro da academia que tem o corpo perfeito e vai sempre ao Paraguai.
Anúncios