Deputada se casa ao som do hino nacional a capella

Sem Bolsonaro, a parlamentar contou com Sergio Moro, Abraham Weintraub e Regina Duarte como padrinhos

O BOLSONARISMO CASANDO
A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) transformou seu casamento em uma festa de gala do bolsonarismo. Com direito a ritos militares e da maçonaria, a parlamentar celebrou seu matrimônio na noite desta sexta-feira (14) em um templo maçônico de Brasília.

Segundo Camila Turtelli, do Estado de S. Paulo, a festa, que não contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, que está em viagem ao Pará, teve membros do alto escalão do governo no altar.
Os ministros Sérgio Moro, da Justiça, e Abraham Weintraub, da Educação, foram alguns dos padrinhos de Zambelli. A futura secretária Especial de Cultura, Regina Duarte, foi uma das madrinhas.
O nacionalismo bolsonarista deu a tônica da celebração. Zambelli, que pretende abandonar o PSL e ajudar a fundar o Aliança pelo Brasil, nesta noite trocou alianças com o coronel Aginaldo de Oliveira, diretor da Força Nacional de Segurança.
Zambelli, que enviou um vídeo em espanhol para o Papa Francisco criticando o ex-presidente Lula, elegeu a canção clássica do argentino Carlos Gardel, Por una Cabeza, para entrar em cena.
No entanto, em uma reunião de bolsonaristas e militares em um templo maçônico, era previsível que o hino nacional fosse entoado. A capella, os presentes ecoaram o cântico logo após a noiva chegar no altar.
Fonte: Direto da Redação da Revista Fórum
Redação
Anúncios