Mulher de Moro diz viver sensação estarrecedora de estar presa

Posando atrás de uma “grade” decorativa em sua casa, Rosângela Moro afirmou que a sensação de estar presa é “estarrecedora”. “Não façamos nada de errado. Basta seguir o conselho de nossos pais”, disse

A advogada Rosângela Wolff Moro, esposa do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, publicou nesta quinta-feira (21) uma foto em seu perfil no Instagram compartilhando breves reflexões sobre prisão e corrupção. Posando atrás de uma “grade” decorativa em sua casa, Rosângela afirmou que a sensação de estar presa é “estarrecedora”.
Não façamos nada de errado. Basta seguir o conselho de nossos pais… tem que ser em segredo? Ninguém pode ouvir? Está errado! Não faça!”, escreveu a advogada.

Moro tem sido cada vez mais desgastado por causa das revelações da Vaza Jato. De acordo com a série de reportagens publicadas pelo Intercept Brasil desde o dia 9 de junho, ele interferiu no trabalho de procuradores do Ministério Público Federal (MPF-PR), ferindo a equidistância entre quem julga e quem acusa.
Moro sugeriu a inversão da ordem das fases da Operação Lava Jato e questionou a capacidade de um procuradora em interrogar o ex-presidente Lula. Quando era juiz, ele também recomendou acréscimo de informações da denúncia contra Zwi Skornicki, representante da Keppel Fels, estaleiro que tinha contratos com a Petrobrás.
O atual ministro também sofreu uma das suas maiores derrotas, após o Supremo Tribunal Federal revogar a prisão após condenação em segunda instância jurídica, medida que livrou da prisão o ex-presidente Lula. A lei diz que ninguém deve ser julgado até o trânsito em julgado de um determinado processo.

Fonte: Brasil 247

Anúncios