Este é o futuro de milhões de brasileiras e brasileiros se avançar a proposta do Governo Bolsonaro de reforma no sistema previdenciário do nosso país.

Já foi o tempo em que a relação dos indivíduos com o Estado era a do seguro social. Um tempo em que a contribuição de empregado e patrão era paritária. Em que para entrar no hospital público era preciso ter carteira assinada e onde os mais necessitados não tinham qualquer proteção social do Estado.
Anúncios