Jair Bolsonaro voltou a atacar as medidas de isolamento social adotadas por governadores para conter o avanço do Covid-19 no Brasil. Segundo o ocupante do Planalto, “o desemprego, a fome e a miséria será o futuro daqueles que apoiam a tirania do isolamento total

Presidente voltou a atacar na manhã neste sábado (16) as medidas de isolamento social adotadas por governadores para conter o avanço do Covid-19 no Brasil que já causou 14.962 mortes. Segundo o ocupante do Planalto, “o desemprego, a fome e a miséria será o futuro daqueles que apoiam a tirania do isolamento total”

Bolsonaro promoveu, durante a semana, uma verdadeira cruzada contra os governadores que apoiam as medidas de isolamento social, chegando ao ponto de fazer um decreto incluindo salões de beleza, academias e barbearias como atividades essenciais.  

Os governadores negaram a reabertura dos serviços, baseando-se na decisão do STF que garante autonomia a prefeitos e governadores determinarem medidas para o enfrentamento ao coronavírus.

Veja a postagem: Jair M. Bolsonaro✔@jairbolsonaro

O desemprego, a fome e a miséria será o futuro daqueles que apoiam a tirania do isolamento total.

Vídeo incorporado

26,5 milInformações e privacidade no Twitter Ads12 mil pessoas estão falando sobre isso

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.