Diante da morte de nove pessoas em um baile funk após ação policial em Paraisópolis, a Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de São Paulo diz que é “estarrecedora mais uma atuação abusiva da Polícia Militar de São Paulo”.
A violência e as violações nas regiões periféricas são uma constante e caminham passo a passo com a impunidade policial frente aos abusos de autoridades e despreparo nas intervenções em manifestações de massas, políticas, sociais e culturais”, acrescentam, em nota, o grupo de representantes.
Apesar da polícia afirmar que o tumulto começou após uma troca de tiros entre os agentes e duas pessoas em uma moto, vídeos publicados nas redes sociais mostraram PMs batendo em pessoas nas ruas de Paraisópolis com cassetetes e chutes.
Polícia bate em jovens em um beco na favela de Paraisópolis (Foto: Reprodução)

POLÍCIA BATE EM JOVENS EM UM BECO NA FAVELA DE PARAISÓPOLIS (FOTO: REPRODUÇÃO)

➤ Leia também:
A OAB defende, também, que a apuração do que é mostrado nos vídeos seja feita “com transparência e que não haja impunidade”. Para tal, pede que os inquéritos policiais instaurados pela corporação sejam conduzidos pela Corregedoria da Polícia Militar e não pelo próprio batalhão, que abriga os agentes envolvidos nos episódios.
Diante desse caso gravíssimo, a Comissão de Direitos Humanos da OAB/SP exige a prioridade máxima das instituições competentes no governo do Estado para que apurem com rigor, modifiquem procedimentos de intervenção policial, para que não se repitam e evitem mais mortes”, finaliza a nota da OAB.
O caso foi registrado no 89º Distrito Policial. A PM informou que instaurou um inquérito policial militar para “apurar todas as circunstâncias relativas ao fato”.
O governador de São Paulo, João Doria, disse “lamentar profundamente as mortes ocorridas no baile funk em Paraisópolis”, e afirmou que determinou uma “apuração rigorosa” para os desdobramentos do “triste episódio”.

Fonte: CartaCapital SEJA SÓCIO

Giovanna Galvani GIOVANNA GALVANI  é repórter do site de CartaCapital
Anúncios