Com a promoção, que aconteceu cinco dias depois de Mourão assumir a vice-presidência do Brasil, Antônio Hamilton vai triplicar o salário para exercer a mesma atividade, além de dar conselhos ao presidente do banco. Caso gerou revolta entre funcionários.

Vice-presidente da República, o general Hamilton Mourão (PRTB), usou o Twitter nesta terça-feira (8) para comentar sobre a repercussão da promoção relâmpago do filho, Antonio Hamilton Rossell Mourão, que vai ocupar o cargo de assessor especial da presidência do Banco do Brasil.
Meu filho, Antônio, ingressou por concurso no BB há 19 anos. Com excelentes serviços, conduta irrepreensível e por absoluta confiança pessoal do Presidente do Banco foi escolhido por ele para sua assessoria. Em governos anteriores, honestidade e competência não eram valorizados”, tuitou Mourão sobre o filho, que ocupava há 11 anos a assessoria da área de agronegócio, com salário de R$ 12 mil.

General Hamilton Mourão

Meu filho, Antônio, ingressou por concurso no BB há 19 anos. Com excelentes serviços, conduta irrepreensível e por absoluta confiança pessoal do Presidente do Banco foi escolhido por ele para sua assessoria. Em governos anteriores, honestidade e competência não eram valorizados.

A nomeação do filho do vice-presidente Hamilton Mourão para a assessoria especial da presidência do Banco do Brasil causou revolta entre funcionários e já há até eleitores de Bolsonaro arrependidos. “O clima está péssimo, muitos se aposentam sem conseguir subir sequer um degrau”, relatou um funcionário à Fórum.
Com o novo cargo,  Antônio Hamilton mais que triplicará seu salário, passando a ganhar R$ 36,3 mil por mês. Na presidência, continuará exercendo a mesma função mas aconselhando o presidente do banco, Rubem Novaes, diretamente.
A nomeação aconteceu nesta segunda-feira (7), mesmo dia em que o novo presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, assumiu o comando da instituição após ser empossado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.
É um cargo de livre provimento do presidente do banco. Ele tinha que indicar um assessor. Eu sou funcionário de carreira do banco e é de livre escolha do [presidente do BB]”, disse ao Portal G1 Antônio Hamilton, quando questionado sobre o fato de a nomeação ter ocorrido uma semana após o pai dele assumir a vice-presidência da República.

Fonte: Revista Fórum

Anúncios