Os  Maçons  Progressistas  do  Brasil – MPB, coletivo de homens livres e de bons costumes filiados a distintas potências maçônicas, manifestam e tornam público o seguinte:

– O seu reconhecimento de que a decisão tomada na data de ontem, 07 de novembro de 2019, pelo Supremo Tribunal Federal, corte máxima de Justiça da República Federativa do Brasil e guardião supremo da Constituição Federal, representa nada mais nada menos do que a reafirmação do texto Constitucional, cujo teor não comportava outra interpretação, sob pena de desfigurar a Carta Magna da nação.

– Na esteira da aludida decisão, os Maçons Progressistas do Brasil – MPB guardam a certeza de que a liberdade do ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e sua consequente saída do cárcere, representa mais do que a restituição de um direito tomado ao arrepio da lei, mas configura, sobretudo, a retirada dos grilhões que subjugam o Estado de direito e a reconquista da Constituição Federal pelo seu legítimo dono, o povo brasileiro.

– Por fim, a histórica decisão proferida pelo STF resgata a liberdade até então cerceada sob a malévola desculpa de combate à impunidade, significando o início da reconstrução de nosso Estado de Direito que – por isso lutamos – sempre será o democrático.

         A razão principia agora a retomada seu papel em defesa da neutralidade da justiça, sobrepujando paixões e as intransigências!

Liberdade, Igualdade e Fraternidade sob o império da lei e dentro das quadras do Estado democrático de direito.

Viva  o  Brasil!!!


Leia a Nota na íntegra –> nota_publica_macprobrasil

Anúncios