Liquidação dos ativos nacionais segue acelerado; nesta terça-feira, a Petrobras, sob comando de Roberto Castello Branco, vendeu 35% da BR Distribuidora por US$ 2,5 bilhões, cerca de R$ 9 bilhões; com a operação, a Petrobrás ficou com 37% e, com isso, a BR Distribuidora se tornou uma empresa privada.

A política ultraliberal do ministro da Economia, Paulo Guedes, segue desmontando o patrimônio nacional brasileiro em um dos seus mercados mais estratégicos: o de combuistíveis.
Castello Branco já anuncia privatização da BR Distribuidora

Castello Branco já anuncia privatização da BR Distribuidora

A operação envolveu 160 investidores de diferentes países, do Reino Unido, Canadá e Estados Unidos, entre outros. Os bancos envolvidos na operação são Merril Lynch, Citi, Credit Suisse, JP Morgan, Santander, Itaú e XP.

Conheça a TV 247

Anúncios