O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro Fabrício Queiroz foi preso na manhã desta quinta-feira (18) em Atibaia (SP). Importante: ele foi preso numa casa que pertence a Frederick Wassef, advogado de Flávio

 O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro Fabrício Queiroz foi preso na manhã desta quinta-feira (18) em Atibaia (SP), no interior de São Paulo. Ele estava no imóvel de Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro. Policial Militar aposentado, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada “atípica”, segundo relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).
O MP do Rio também cumpre mandados de busca e apreensão em diversos endereços da capital paulista e no Rio. No Rio, a Polícia Civil faz buscas em um imóvel que consta da relação de bens do presidente Jair Bolsonaro, em Bento Ribeiro.
A Justiça do Rio de Janeiro expediu o mandado de prisão no âmbito das investigações sobre um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) – o filho de Jair Bolsonaro era deputado estadual. A prisão foi feita numa operação da Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

(Foto: Reprodução)


Por Cecília Flesch, GloboNews

 


PF cumpre mandado de busca e apreensão em casa que consta na relação de bens do presidente
PF cumpre mandado de busca e apreensão em casa que consta na relação de bens do presidente
A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro cumprem, na manhã desta quinta-feira (18), um mandado de busca e apreensão em uma casa que pertence ao presidente Jair Bolsonaro em Bento Ribeiro, na Zona Norte do Rio.
A ação faz parte de uma operação, realizada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público, em desdobramento das investigações sobre o esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).
Agentes do Ministério Público fazem buscas em uma casa de Bento Ribeiro, na Zona Norte, que consta na relação de bens do presidente Jair Bolsonaro — Foto: Reprodução

Agentes do Ministério Público fazem buscas em uma casa de Bento Ribeiro, na Zona Norte, que consta na relação de bens do presidente Jair Bolsonaro — Foto: Reprodução

O imóvel em Bento Ribeiro foi usado como um dos comitês de campanha eleitoral do presidente Jair Bolsonaro na Zona Norte do Rio. À época da disputa eleitoral, Bolsonaro chegou a visitar o imóvel durante uma agenda pública. Na ocasião, ele ainda cortou os cabelos em um salão próximo à casa.

Atualmente, mora na casa Alessandra Esteves Marins, que é ligada ao gabinete do senador Flávio Bolsonaro. Ela faz parte da equipe de apoio no Rio a que o parlamentar tem direito.

De acordo com o Ministério Público, o mandado na casa de Bento Ribeiro é cumprido contra Alessandra, que também já foi servidora da Alerj. Também são alvo da operação a ex-servidora da Alerj Luiza Paes Sousa, Matheus Azeredo Coutinho, que ainda é funcionário da Casa Legislativa, e o advogado Luis Gustavo Botto Maia.

Fabrício Queiroz é preso

Outro mandado foi cumprido em Atibaia (SP), no interior de São Paulo. Lá, a polícia prendeu Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). Ele estava em um imóvel que pertence a um advogado do parlamentar em Atibaia.

Essa reportagem ainda está em atualização.

Fonte: Transcrito do G1 Globo

Anúncios