[su_heading size=”20″ align=”left”]Em entrevista ao apresentador José Luiz Datena, Jair Bolsonaro criticou seu vice-presidente, chegou a duvidar do número de mortos em São Paulo e outros municípios brasileiros[/su_heading]

[su_highlight background=”#f0201c” color=”#fefdfe”]Jair Bolsonaro mostrou mais uma vez a fragilidade de seu governo em entrevista ao apresentador Datena, nesta sexta-feira (27).[/su_highlight]
Comentando a fala de Mourão sobre a necessidade de confinamento como medida de prevenção contra o coronavírus, o que foi defendido pelo vice-presidente, Bolsonaro disparou: [su_quote]Mourão é muito mais tosco do que eu. Mourão é um companheiro aqui, pau para toda obra. Ele é o único que não é demissível no governo, pode ficar à vontade.[/su_quote]
Então quero distância do Mourão, não vou entrevistá-lo não. Se é pior que você“, respondeu Datena.
Bolsonaro chegou a duvidar do número de mortos em São Paulo, Estados Unidos e outros municípios brasileiros.
Nessa quinta-feira, 26, em declaração no Palácio do Alvorada, Jair Bolsonaro desautorizou o vice-presidente Hamilton Mourão, que havia defendido o isolamento social no combate à pandemia de coronavírus. “O presidente sou eu, pô. O presidente sou eu”, disse ele.

Fonte: Brasil 247