O Ministério da Justiça e Segurança dirigido por Sergio Moro foi informado previamente sobre a ação que resultou na morte do chefe de milícia Adriano da Nóbrega, ligado ao clã Bolsonaro. A polícia do Rio de Janeiro chegou a solicitar a participação da Polícia Federal na operação.

A coluna Painel da Folha de S.Paulo informa que uma das secretarias da pasta dirigida pos Sergio Moro sondou a possibilidade de apoio de um helicóptero e alguns efetivos da Polícia Federal, a pedido da polícia do Rio.

O Ministério da Justiça nega que tenha tido envolvimento com a operação.

Sergio Moro até agora se recusa a falar sobre o assunto.

Anúncios