Infelizmente a Maçonaria sofre com administrações centralizadas, presas ao passado e com posições conservadoras, muitas vezes até reacionária.

Os altos dirigentes se imiscuíram no poder, para atender interesses pessoais e desejos inconfessáveis, rebaixando assim os altos ideais maçônicos.

O resultado é que pessoas sem escrúpulo algum, aproveitam-se dessa situação, e promovem todo tipo de desmerecimento e relativização da importância da Ordem.

Com critérios de admissão desvirtuados (perdeu importância a ciência, a intelectualidade, os estudos, a busca da verdade etc.), muitos “ex-maçons” são os principais “inimigos” da Sublime Instituição.

O vídeo abaixo circula na internet (principalmente em grupos de whatsapp) numa afronta debochada aos objetivos da secular organização.

 

Anúncios